Cielo e Oi vão operar cartões via celular. BB terá cartão em parceria

Com aumento da concorrência, empresas fazem parceria para tentar conquistar comerciantes e classes mais baixas

Meta é ter 1 milhão de novos clientes por ano a partir de 2012; mais da metade desse total deve vir das classes C, D e E

CAROLINA MATOS
DE SÃO PAULO

Em meio ao aumento da concorrência no mercado brasileiro de cartões, as empresas se mobilizam para ganhar a preferência dos comerciantes. E miram as classes mais baixas.

A credenciadora de cartões Cielo, que perdeu a exclusividade com a bandeira Visa em julho deste ano, e a operadora de telefonia Oi apostam no aumento do uso do celular como veículo para processar pagamentos.

As empresas anunciaram a criação de uma joint venture -o controle da nova empresa será dividido meio a meio. Cielo e Oi não quiseram revelar o valor investido no negócio.

Esse grupo, que ainda não tem nome e deve começar a funcionar em 180 dias, mira a praticidade que o celular confere aos pagamentos com cartão.

O lojista digita, no aparelho, o número do celular ou do cartão do consumidor, o valor da compra e a forma de pagamento (parcelada ou não).

Em seguida, o comprador recebe, via mensagem de texto no seu próprio celular (SMS), as informações sobre a transação, que pode ou não ser aprovada por meio de uma senha pessoal.

No celular do cliente, inclusive, pode haver um “cartão virtual” cadastrado no chip.

O novo mecanismo não exclui as maquininhas tradicionais da Cielo em funcionamento hoje -cerca de 1,8 milhão de terminais.

Com a associação, Cielo e Oi pretendem alcançar pequenos comerciantes, que poderão usar o celular para receber os pagamentos.

“Queremos chegar a mercados que estão “na periferia” do setor de cartões do país”, disse Eduardo Chedid, vice-presidente de soluções em negócios da Cielo.

CLASSES C, D E E

A Oi acredita que os pagamentos com cartão via telefone celular possam incluir, por ano, a partir de 2012, 1 milhão de novos clientes à base da joint venture com a Cielo. Sendo que, desse total, mais da metade deve pertencer às classes C, D e E.

“Cerca de 11 milhões de estabelecimentos no país poderiam passar a aceitar cartão. E a maior credenciadora, a Cielo, atende menos de 2 milhões. O potencial do mercado é enorme”, diz João Silveira, diretor de mercado da Oi.

CUSTOS

A Cielo informou que, a princípio, o custo para o lojista do serviço via celular vai ser o mesmo cobrado atualmente pelo aluguel das maquininhas: R$ 9,90 por mês.

Mas a empresa disse também que o valor vai ser reavaliado quando o negócio estiver operando, a partir do primeiro semestre de 2011.

Ainda de acordo com a Cielo, a plataforma de pagamentos não é exclusiva para os celulares da Oi. Outras operadoras podem aderir ao sistema no futuro.

Antes de Cielo e Oi, Redecard e Vivo já haviam anunciado uma parceria similar, com o Itaú, para que os telefones celulares dos consumidores sejam usados como cartão de crédito, substituindo o dinheiro de plástico.

Em teste há quatro meses, a iniciativa deve ser lançada comercialmente no mês que vem, direcionada aos 300 mil usuários do cartão Itaucard Vivo, com bandeira MasterCard.

Além disso, a credenciadora já oferece o serviço Redecard Móvel a 11 mil vendedores que utilizam o celular como máquina de cartão.

BB terá cartão em parceria com operadora

Paralelamente à “joint venture” criada entre Cielo e Oi, o Banco do Brasil entra como parceiro da operadora de telefonia na emissão de um cartão de crédito.

O produto terá marca conjunta entre o BB e a Oi. Ele será distribuído à base total de clientes da operadora -60 milhões de pessoas, entre usuários de celular, banda larga e outros serviços.

Os consumidores também terão a opção de habilitar um “cartão virtual” no chip do celular -suficiente para efetuar compras no mecanismo Cielo/Oi informando apenas o número do telefone móvel.

O início da circulação do novo cartão também está previsto para o primeiro semestre do ano que vem, quando a companhia criada entre Cielo e Oi já deverá estar em operação no mercado.

“Um negócio só faz sentido com o outro”, disse Denilson Gonçalves Molina, diretor de cartões do BB.

BANCARIZAÇÃO

Para o Banco do Brasil, a emissão desse cartão é uma oportunidade de, no futuro, bancarizar consumidores das classes C, D e E.

Além disso, essa mesma base de clientes poderá dar impulso ao cartão Elo, fruto de uma parceria entre BB e Bradesco e que deve começar a circular em novembro.

Hoje, cerca de 250 mil pessoas, principalmente no Nordeste do país, fazem compras utilizando o sistema de “pagamento móvel” da Oi, chamado de Paggo.

“É uma chance de oferecer outros serviços financeiros a essa população”, afirmou o executivo do BB.

“Com os novos negócios, estamos pensando em todas as faixas de renda, mas a grande oportunidade está na nova classe C”, completou João Silveira, diretor de mercado da Oi.

OUTROS EMISSORES

Ainda de acordo com o Banco do Brasil, outros emissores de cartões interessados em utilizar o mecanismo via celular também poderão se cadastrar.

“Queremos expandir o uso desse sistema no Brasil”, afirmou Molina, do BB.

A instituição financeira possui mais de 50 milhões de clientes, aproximadamente 29 milhões de cartões de crédito e mais de 57 milhões cartões de débito. (CM)

Fonte: Folha de S. Paulo

Sobre Editor

Editor do BBlog
Esta entrada foi publicada em Clipping e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

8 respostas a Cielo e Oi vão operar cartões via celular. BB terá cartão em parceria

  1. roberto disse:

    tenho restriçoes em meu nome posso adquirir essa forma de pg via cel. mande a resposta urgente

  2. Edna disse:

    Sou vendedora de roupas, acessórios e eletronicos, na verdade vendo porta a porta, gostaria de saber se como tenho restrições em meu nome, poderei adquirir uma máquina Cielo, aguardo resposta.

  3. paulo victor disse:

    funciona em quaquer aparelho celular?

  4. Rosineide M.ANDRADE REEVES disse:

    Ola!! gostaria de saber se e o preco da maquininha e o mesmo valor cobrado se eu utilizar meu celular:: obrigada.
    obs ja vi com o meu banco mas nao entendir..

  5. tenho um comercio gostaria de adquirir esta maquina.

  6. eva disse:

    funciona em todos os celulares?quanto custa?

  7. Hiroshi disse:

    Eu tenho um comércio e as vezes estou fora do meu estabalecimento e o cliente quer passar
    cartão de crédito e então acabo perdendo a venda, eu tenho interesse para esse sistema via celular, eu gostaria de receber detalhadamente como funciona, se tem como inserir este sistema no meu celular? Qual é o custo desse sistema? Estou no aguardo! Obrigado.

  8. Editor disse:

    Sr. Hiroshi, para maiores informações dirija-se a uma agência do Banco do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>